Realidade Virtual para Arquitetura - Chegamos primeiro!

Nosso escritório, até onde temos conhecimento, é o primeiro do Brasil a utilizar a tecnologia de Realidade Virtual para apresentar projetos arquitetônicos aos clientes.

O conceito de "Realidade Virtual" é antigo, mas só passou a ganhar musculatura a partir de 2011, quando Palmer Luckey, um estudante da Universidade da California, revolucionou o mercado com o primeiro protótipo do Oculus Rift, que é considerado hoje o mais sofisticado equipamento de imersão em ambientes de realidade virtual. No início de 2014, a empresa de Luckey foi comprada pelo Facebook por incríveis 2 bilhões de dólares.

Pensado inicialmente para atender ao mercado de games eletrônicos, o Oculus Rift já começa a ser utilizado por outras indústrias -- educação, medicina e arquitetura (uhuuu!), entre várias outras -- e traz as apresentações de projetos de arquitetura a um patamar absolutamente novo, onde apresentações tradicionais de 3D passam a parecer coisa do passado.

O equipamento (abaixo utilizado pela própria Maria Lavinia), está combinado com o uso de outras tecnologias de ponta de desenho, renderização e apresentação de projetos, como o IrisVR - que importa projetos tradicionais para ambientes virtuais -- e o Unity, uma das mais sofisticadas ferramentas de desenvolvimento de jogos do mercado global. Imaginem só: nossos arquitetos foram capacidade em cursos de construçao de games para chegar a esse nível de evolução!

Estamos oferecendo aos nossos clientes a melhor experiência em visualização de seus projetos.. Alguns deles já tiveram a sorte de ver seus apartamentos nessa nova tecnologia, e estamos muito, muito excitados sobre as possibilidades que a Realidade Virtual pode trazer para o mercado de arquitetura. Sermos os pioneiros, então, nos dá muito orgulho.

Maria Lavinia utilizando o Oculus Rift

Apresentação de um projeto nosso no aplicativo IrisVR.

#realidadevirtual #virtualreality #arquiteturarealidadevirtual #projetoarquiteturarealidadevirtual #VR